CRI' A ' TURA


ESTAREI AUSENTE NO PENSAMENTO E LEVAREI OS AMIGOS NO TEMPO

Noslen ed Azuos
além
além do azul
usa a lenda
que noslen sou
olhando no espelho
som de 'Comus'
completa 'nel'
palavras com mesmo' son'
sobrenome souza
andando de costas
virá de frente
pessoa é o nome
sou oa contrário
azul também lenda
nacionalidade?
cultura?
o digitar de traz pra frente
na confusão mente mente
do olhar cego
aos contrários que é certo
por querer ser errado
com propósito
diferente
rente
a sombrancelha
que palavra:
ahlecnarbmos a...
duvido
dúvidas
dádivas
aventuras
do meu querer
não ser.
bate na porta
deixa entrar
a verdade.
que meu nome é
nelson de souza.


9 comentários:

Oliver Pickwick disse...

Fiz um comentário anteriormente para esta poesia. Ou você tornou a postá-la, ou pelo visto o Triângulo das Bermudas de Comentários da blogosfera chegou por aqui também.
Me lembro bem do desfecho "a verdade.
que meu nome é nelson de souza".
Contudo, vale a pena ler outra vez este jogo de xadrez poético.
Tem sorte de não mais existir o Santo Ofício, pois "escrever ao contrário", para os beneditinos, era "arte do demo".
Escapaste dessa fogueira.
Abraços!

Oliver Pickwick disse...

P.S.: Lembrei agora! Li no blog Partículas do Pessoal.

Sr do Vale disse...

Se isso era coisa do demo, é melhor começar a torcer para que não tenhamos outra idade média.

Sr do Vale disse...

Não precisa pressa
O convite foi reaberto
Mas não prometo que não haverá mais polêmicas.
O convite está feito
Sua presença é importante
és um dos fundadores do blog.

tonhOliveira disse...



ARUT'A'IRC


OΗΓƎԀƧƎ ↔ ESPELHO

OH NOT!

Eduarda disse...

Não há demo neste poema, quase me levando ao poema oblíquo de Pessoa.


a arte de frente para trás não é para qualquer um.

bj

Wania disse...

Cou-cou, Nelson

Que este seja um tempo profícuo pra ti em todos os sentido!


Um Natal e 2011 iluminados pra ti e toda a tua família. Sucesso e realizações. Volte logo...
Gros bisou

Colecionadora de Silêncios disse...

Oi, Nelson.

Genial! Adorei a criatividade de expressão.

Aproveito o momento para desejar a vc um 2011 maravilhoso, cheio de alegrias e realizações!

Grande abraço! :)

Desbúruru disse...

Salve.

Vc está fazendo um revival?

De qualquer sorte não é crítica, mas sim ânsia por novos escritos vossos.

Eu voltei, até que o meu blog fique perdido novamente nas imensas relembranças de senhas.