'foto de celular'

Obsoleta borboleta no abstrato geométrico fotográfico.

13 comentários:

tonhOliveira disse...



obso letra bo . boleta...

Qualidade boa, em se tratando de "Celular".

Abra...São!

Sr do Vale disse...

A arte invade a lente e é captada pela poesia.

M.PAUMARCH disse...

Fantàstica!! Estàs entrant en un món d'equilibri i composició. Aquesta m'agrada moltíssim!
Amigo Nelson, um grande arbraço.

Salvador.

Lara Amaral disse...

Recorte perspicaz. Lindo, lindo!

Beijo.

Solange disse...

que lindo.... prá mim é uma poesia....

beijo

Tia Zulmira disse...

ai que linda foto, que linda legenda! a-m-e-i mesmo! te amo

Canteiro Pessoal disse...

Azuos, a capturação recapitula o sentido existente por trás de um clic, com isso o olhar torna-se vivo ante a presença clamante da metamorfose. Uma alma com ar antes do tempo, e sem palavras embrenha-se no pensamento central descentralizado e tão diferente atira-se no preencher do pensamento por viajar nas asas, caminho pelo qual o vento sopra.

Abraços

Priscila Cáliga

Juan Moravagine Carneiro disse...

Andei meio ausente por vários motivos, mas aos poucos estou voltando

abraço!

Tiago disse...

Agradecido.

Você tem um grande espaço aqui.
A arte furando o real.

Visitarei sempre.

T.

Uni ver sos disse...

Fantástica captura! Forma, cor, sentidos, na dança mágica da sinestesia..
poesia pura..


amei.

Ξ ѕ t є я ツ

Wania disse...

Nelson querido


Ahhh, sábia borboleta,
ela deixa o preto casulo obsoleto
para embelezar o verde do planeta.
Ela e o fotógrafo...
fazem um poético dueto!

Um bj violeta
(ando colorida...rsrsrs)

Iran Maia disse...

Amei seu blog.
Acabei de lançar um livro chamado Qualquer Versar, o download é gratuito. Dê uma lida:
http://recantodasletras.uol.com.br/e-livros/2555650

Iran Maia

Lilá(s) disse...

Que maravilha!