"Perder de vista

. . .

Estar...

Equilibrista."

5 comentários:

M.PAUMARCH disse...

Nelson, cada cop que entro al teu bloc sembla que em guardes una nova sorpresa. Aquest ocell solitari és una exquisitesa digna d'una persona extremadament artista i sensible. Realment tu ets un fotògraf ZEN!
Una abraçada.
Salvador.

Helen De Rose disse...

...rs...quem encontra jamais perde de vista o que foi encontrado...rs...enquanto a vida nos permitir...equilibristas!!

Maria disse...

Sem dúvida, um ponto de equilíbrio...

A arte de expressar sentimentos, a arte de dizê-los como só tu sabes, é algo único e muito teu. É algo que me aproxima de um lugar profundo e intuitivo e me une a ti em "Amor Universal".

Sinto que me sentes e que me entendes apesar da distância oceânica...

Naveguemos na emoção!


Abraço de peito aberto ao teu


Bia

Maria disse...

Sem dúvida, um ponto de equilíbrio...

A arte de expressar sentimentos, a arte de dizê-los como só tu sabes, é algo único e muito teu. É algo que me aproxima de um lugar profundo e intuitivo e me une a ti em "Amor Universal".

Sinto que me sentes e que me entendes apesar da distância oceânica...

Naveguemos na emoção!


Abraço de peito aberto ao teu


Bia

renata disse...

Lindo, parabéns, essa é uma partitura de Deus, a nota perfeita
abraço amigo
renata