1ª ARTE EM GRAFITE & POESIA.

-------------------------------------------------------------------------------------esta foto 'do grafismo' foi tirada no beco da Vila Madalena

Sua atitude
Negra solidão
Nuvens passam
Minha mão
Minha mão
Sabe das cores
Transparência
Odores
Movimento
Entro
Vento
Urgência
Do momento
Abstrato
Rastro

Agora misture as palavras
Talvez encontre
A poesia perdida
Dou-te o final
Amor

11 comentários:

BIA disse...

Que o Amor saiba responder ciciando muito baixinho...quase sem dizer...palavras com sabor, no céu de uma boca esfomeada e sedenta de cor, luz, aroma, ternura... nas delicadezas que o Amor contém...

Que o Amor deseje sair do negrume, para a bebedeira de luz, musicalidade, movimento, cor...


Que o Amor o ouça no caos que assolou o mundo!


Com ternura e muita fraternidade


BIA

Nadezhda disse...

A poesia nunca está perdida de verdade!

;)

Senhora Loirinha Má disse...

Que o equilibrista caia
que as cores desbotem o beco
que os trapezistas caiam
e que chorem todos os palhaços
não há circo na minh'alma
meu olho está seco.

Sabrina Sanfelice disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sabrina Sanfelice disse...

Ah, mesmo com essa terça-feira ensolarada, com cara de sorvete de uva, eu estava triste. Mas, só até chegar aqui e imaginar as milhares de combinações gostosas dessas palavras e todas elas terminando com a emoção mais bonita do ser humano: amor.

Obrigada.

Sr do Vale disse...

Sua transparência
Sabe da solidão
Das cores
Onde entro.

Eliana Mara Chiossi disse...

Bom demais encontrar a poesia, em síntese, flashs, luzes assim.
E de um lirismo quase passional.
Tô com saudades de você lá no Mundo.


Beijinhos

(e assino embaixo de tudo que a Sabrina disse)

Rafaela Abreu disse...

'A poesia perdida' se fez música na minha leitura.

Obrigada pelos comentários poéticos!

Abraço.

Lyra disse...

Olá, venho desejar uma Boa Páscoa, replecta de amêndoas e boa disposição.

Beijinhos e até breve.

Lyra
;O)

mariam disse...

Noslen,

misturei e redestribui... mas, prefiro como fez .. rsrs

BOA PÁSCOA!
um abraço amigo e o meu sorriso :)
mariam

Oliver Pickwick disse...

É uma maneira aventuresca de poetisar: Em busca da poesia perdida. Ação, perigo e mil peripécias. Mas no final o amor sempre vence.
Quanto ao grafismo, reforça o conceito de que este é um país de talentos anônimos.
Um abraço!