"LUA"

O que eu acho bacana na internet é a troca que acontece entre nós, não importa onde estejamos (virtualmente pode-se estar em qualquer lugar), basta conectar para estarmos juntos, numa relação gostosa de amizade, ‘Amo todos’. Agora o genial é a momentaneidade, agora são 18:51 (H: Brasil/SP) do dia 18 de junho e lá fora há esta lua, que posto nesta foto tirada agorinha mesmo por mim e na doideira bolei este poema que dedico à lua e à vcs.



Lua doida lua
quanta calma traz
quando daqui de baixo
te beijo no céu.


Te imagino
refletida
nos olhos
da namorada.


Lua que te pego enprestada
para de seu brilho dividir
à todos amigos
e para minha amada.


Lua...
Na lembrança
nostalgia.
No mar
magia.
Na praia
romance.
Na mata
mistério.
Na rua
alegria
e nos corações
poesia.

24 comentários:

Aninha disse...

Boa noite- 20h15-RJ-lua cheia
Friozinho gostoso por aqui

Às vezes penso nisso também...tão longe e tão juntos!abençôo a Internet.

E a lua??Sim,já cantaram-na todos os poetas.Já nela pisaram os cientistas,mas ela continua sendo dos namorados e enamorados!

Sucesso

mariam disse...

lindo! a Lua... as palavras... o chamamento!

aqui são 0:33 am

um sorriso :)

BIA disse...

Lua...

Tem uma lua lá no céu pra mim!

Quem diria, eu vi uma lua no céu

Era a minha lua

Era dourada

Acho que estava vestida de sol

Você oferece-me a sua

É prateada

Esta noite sou rica

Ouro, prata e pedras preciosas

São estrelas a brilhar nervosas

Porque tremem as estrelas?

Talvez estejam enciumadas

Das duas luas que guardo

Esplendorosas!



Abraço de peito aberto

BIA

Crisfonseca disse...

Que meigo poema, belo como a lua é não qualquer lua , é a lua que vc fotografou e dedicastes este poema.
Esta lua encantou-me. Obrigada por esta linda imagem.
Beijos,
Cris

Nadezhda disse...

Muito bonito o poema!

Gosto d eolhar alua quando ela está cheia, assim como na foto.

Você trabalha com fotografia?

;)

Auréola Branca disse...

Meu amigo, depois que li seu doce poema, fui correndo à janela. Lá estava ela, brilhante, iluminando o mar imenso.
Como ela é linda, né? Como brilha! Como une pessoas da forma mais transformadora possível!
Adorei vê-la no céu, e adorei lê-lo a homenagea-la.
Abraços, meu querido.

Helen De Rose disse...

Aaaa!! Eu vi a Lua Nua no manto negro-azul do céu, ontem a noite, e ela tinha na sua volta sua aura encantada e mágica, mexendo com nosso fluxo interno, com toda água que possuimos nessa limitação corpórea. E quando olhei pra ela, suspirei...como suspirei!!...E ela me abençoou, trazendo pra mim, o meu amor!!!...lindo...lindo...seu poema...e te agradeço por eternizar esse momento mágico, que somente pessoas sensíveis e apaixonadas como vc, poderia fazer com tanta maestria!! Bjo no seu coração generoso, querido amigo poeta!!!

Menina do Rio disse...

Com certeza a Lua merece esta Ode! Pena que não a vi, pois a noite estava tão fria que não me arrisquei olhar pela janela.

Deixo-te um beijo

sinhã, a. disse...

doidice boa. :-)

lua prateada disse...

Obrigada pela passagem lá na minha lua...está muito verdadeiro teu poema é isso que ela nos faz,mas a nós os poetas de coração...
Beijinho prateado com carinho
SOL

Lyndiña disse...

Lua pra mim?
Que lindaaa
Amei a poeia muito linda msm
Obrigada pela visita
Tenha uma ótima noite cheia de alegria :p
Bjim fica com DEUS não some bjim

lua prateada disse...

Devagar...muito de mansinho
Me pus a caminho!...
Cheguei!!!...ADORMECESTE...
Te olhei...
Para o alto me elevei!...
Em tua cadeira continuaste
Em teu sono leve..somhando
E é tão bom sonhar...
Beijinho prateado com carinho com um lindo fim de semana
SOL

O Profeta disse...

De pequena poça fiz um universo
Feito de sete estrelas do mar
Murmurou-me um búzio ao ouvido
O rumo para te encontrar


Bom fim de semana



Abraço

Carla disse...

a lua está prestes a chegar aqui...que seja a marca de uma amizade
bom fim de semana

Menina da lua disse...

Olha, eu amei o poema, a foto da lua... eu amo a lua de qualquer forma... é como se todo coubesse lá, como se podéssemos pegá-la e fazê-la nossa... lindo.

Abraço

mariam disse...

sabe, a "minha" lua daqui é 1/3 dessa daí! mas fantástica também! tirei-lhe uma foto ontem... ficou minúscula! LOL

bom fim-de-semana
um sorriso :)

carla granja disse...

olá passando pelo o teu blog e como achei interessante aqui estou a comentar ,espero que não te importes
lindo poema sobre a lua e se a lua falasse quantos segredos não teria ela para desvendar :)
Bom fim de semana
E se quiseres visita o meu blog
Kiss*.......*Kiss*
*Kiss*.....*Kiss*
*Kiss*...*Kiss*
*Kiss**Kiss*
*Kiss*...*Kiss*
*Kiss*.....*Kiss*
*Kiss*.......*Kiss*
*Kiss*.........*Kiss*

........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*

.........*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*......*Kiss*
......*Kiss*
...........*Kiss*
*Kiss*......*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.........*Kiss*

.........*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*......*Kiss*
......*Kiss*
...........*Kiss*
*Kiss*......*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.........*Kiss*
Carla Granja

Tia Zulmira disse...

aiaiai, aqui , longe do cinzento céu de sampa, vejo luas lindas, que ficam mais bonitas com seus poemas e inspirações!ei, posso, colocá-lo no tia zulmira?

Sr do Vale disse...

Com calma vou entrando devagarinho...
No primeiro momento parece uma foto resgatada da internet, mas logo fico sabendo que há muito mais que isso, e o poeta e o fotografo, em um momento de inspiração, juntam-se para compartilhar o que está sentindo, como se gritasse para o mundo...Corram, corram todos, venham ver como é linda a Lua, como é lindo este momento, venham, venham, vamos dar as mão e bailar a noite inteira.

Abraços, meu mano Noslen

L.Reis disse...

Lunar reencontro...
palavras em quarto crescente.

Deusa Odoyá disse...

Oi meu novo amigo.
Mutio agradecida por sua visita o meu cantinho.
Vc retratou a lua como ela é.
bela suave e aconchegante.
Nos transmitindo uma iluminação dentro de nossas almas.
Belo poema fique na paz.
Sua amiga.

Regina Coeli.
beijos.

Lyra disse...

Olá,

Quero agradecer, do fundo do coração, esta partilha da Lua, da fotografia e do poema, fantásticos!

"Tenho um feitiço que faço
Cada vez que dou um passo
Nas noites de Lua-Cheia…

Lanço feitiços no ar
Molho-os nas ondas do mar,
Enrolo em crepes de areia.

Alimento a nostalgia
Na mítica maresia
E na raiz do meu chão.

Sai-me perfume do colo,
Exibo sinais no solo
Das flores, da minha mão.

Agarro um fio de Lua
Teço pra minha alma nua,
Uma mantilha de espanto

Danço descalça na eira
E em sinistra clareira
Liberto todo o meu pranto…"

Beijinhos e até breve.

;O)

mariam disse...

hoje também lá tenho uma lua(pequenina) para Si!

bom fim-de-semana
um sorriso :)

Oliver Pickwick disse...

"Poetas, seresteiros, namorados, correi."

Como bom poeta, não poderia escapar de escrever uma dessas.
E a fotografia, hein? Fantástica. O que não daria o Copérnico por uma dessas?
Um abraço!