IMAGEM REFLETIDA EM POÇA, ESPELHO DE LAMA



Na arte da imagem
a realidade se esconde na ilusão
que veste de mentira para que nasça a verdade
na arte da imagem.

Nem verdade
Nem mentira
Apenas o caminho da imagem
percorrida até os seus olhos
e o cérebro reproduz
reflexos de luz,
de lama.

E o pássaro que pensa? Voa feito pensamento de pássaro!



14 comentários:

Nadezhda disse...

A imagem diz muito sem falar nada ;)

Poeta Mauro Rocha disse...

Obrigado!! São coisas malucas mesmo,srsrrsrsrs.Também gosto de seus poemas, apesar de não comentar muito.
Tenha um ótimo fim de semana.

Um abraço!!

BIA disse...

Lama, pássaro, árvore luz....

Captação do pensamento.


Aqui estou sinta-me num abraço muito terno e amigo


BIA

L.Reis disse...

Na superficie líquida a realidade tem a leveza de todas as verdades...

Rafaela Abreu disse...

E eu voei 'feito pensamento de pássaro' ao ver esse reflexo...
Não sei se gosto mais das tuas imagens ou das tuas palavras... que dúdiva injusta!

Abraço.

mariam disse...

Noslen,

poesia, muita! nas imagens e nas palavras. LINDO!

bom fim-de-semana, um abraço daqui até aí! e um sorriso :)
mariam

Sr do Vale disse...

Alucinado, e ainda lendo e vendo essas coisas, aí não há cristão que cure de tal alucinação, e nesse embaraço ainda fica a pergunta, é a mesma imagem com efeito? ou são duas fotos?
Independênte de como a coisa surgiu, o conjunto é pura viajem.

Obs.: Valeu a carona.

Marta disse...

Olá,
A imagem já por si diz tudo :)

Continuação.

Marta disse...

Obrigada pelo comentário :)
Até que gostei de ser "louca" :P
Volte sempre.

Beijinho

Sabrina Sanfelice disse...

Simulacros...

Cris Animal disse...

Um pássaro em vvo é tudo isso: verdade, imagem nos olhos, liberdade....apenas um voo para sempre!
lindo o poema

beijos
............Cris Animal

Oliver Pickwick disse...

Uma fotografia gótica! Se prestaria muito bem à ilustração de um livro de Baudelaire ou de Poe.
Quanto à poesia, uma alegoria inteligente entre a imagem que chega ao olho humano e à lente da câmara. Tem talentos ocultos, velho Noslen! Desconfio que pratica voodoo. :)
Um abraço!

Senhora Loirinha Má disse...

O vôo suja o céu
o pássaro é negro
em fundo cinza
e lama
parado está
agora
em seu graveto.
O ócio do vôo
é o céu.

Eliana Mara Chiossi disse...

Outra surpresa porque assim,
como você reuniu as palavras e as coisas,
somos levados a outras formas de pensar e sentir.
Então, como se as últimas poesias aqui estivessem mais livres.