Que todos

que todos os lados

estejam acometidos

pelo amor.


Que este amor

desmanche o feio

de ferir.


O ar

a água

a terra

o fogo

estejam sob os raios de luz

da mãe

esposa

amiga

filha e desconhecida mulher.

10 comentários:

BIA disse...

...Quando sorrindo a terra assentir, espero merecer estar num dos cantos do sorriso olhando-o e sorrindo-lhe!

Que lindo ser se revela desabrochado em poesia...o meu coração não me engana. O meu coração não me engana! O meu coração não me enganaria...


Um abraço muito terno aberto ao seu


BIA

Eliana Mara Chiossi disse...

Oi
acho que foi um presente pra mim também.
Gosto, demais, da sua presença, lá.


Beijos

Maria disse...

FICA COMIGO

Pobre pássaro
tu que cantas para mim todos os dias,
sem fantasias
grandioso poesia.
Minha alegria em dias pardos,
uma multidão de luzes
e pensamentos estavam lá(...).

Camila disse...

E que sempre sejamos respeitadas e amadas!
Viva a mulherada!

BeijO

Sabrina Sanfelice disse...

Adorei a passagem pelo meu blog. Assim como seu poema, passagens sempre nos deixam rastros, assim como o amor.

Agradeço os elogios, mas ainda não sou tão pretensiosa para achar que meus contos chegarão a uma capa dura (sonho..).

Beijos

Senhora Loirinha Má disse...

A Si é linda até disfarçada de sombra.

renata disse...

Olá noslen, é sempre uma alegria receber sua visita no letra e fel!!!
Belo Post!
Seu poema é um manifesto, e assino em baixo,somente a potencia do amor pode trazer transformações!!!!
Um abração
Renata

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Selena Sartorelo disse...

A sinceridade do teu amor desabrocha um sorriso de quem ama e é amada.
Parabéns a tua linda musa por te inspirar
e a você por esse amor com arte escrever.

abraços,
Selena

Oliver Pickwick disse...

Linda poesia, de lirismo singular. Sei que é direcionada, mas, assim mesmo aproveito para levar pelo menos uma parte para a minha velha mãe e a todas as mulheres importantes da minha vida.
Um abraço!